top of page
  • Foto do escritorEight

A importância do sono e do descanso

Atualizado: 8 de abr.

O filósofo sul-coreano Byung-Chul Han descreve que um dos comportamentos da Sociedade do Cansaço é a naturalização da busca de uma performance superior através da sobrecarga de trabalho e auto-sacrifício.


Essa inversão de valores em que a sobrecarga passa a ser normalizada e em que as pessoas que trabalham mais tempo são mais reconhecidas, traz uma lógica pouco saudável e humana para as dinâmicas do trabalho.


Isso leva o indivíduo a ir além dos seus limites físicos e emocionais, e por consequência, ao adoecimento. Por isso, a Síndrome de Burnout passou a ser considerada doença ocupacional em 2022.


Estabeleça os seus limites e descanse

Descansar é uma das coisas mais produtivas que podemos fazer

Debora Gaudencio


Em nosso mundo, o descanso parece algo radical. Sempre existe alguma coisa que precisamos fazer e há pressão interna e externa para sermos produtivos.


Mas estudos mostram que descansar é fundamental.


A pesquisa de Harvard "O que faz uma vida ser boa", que durou 75 anos e foi explicada pela Eighter Michele Crevelaro no artigo "Janeiro Branco: um olhar para a importância da saúde mental e emocional", aponta que um dos fatores para uma vida boa é o descanso e a qualidade do nosso sono.


De acordo com a pesquisa Stress in America (2012), da APA, o estresse mantém mais de 40% dos adultos acordados à noite. No artigo "Como gerenciar melhor o estresse", Michele elenca o sono como um dos fatores protetivos para o estresse.


Mas o que podemos fazer se o mundo nos ensinou que o certo é: "trabalhe enquanto eles dormem?"

  • Defina alguns limites

  • Diga "não".

  • Se escute.

Pergunte-se: o que há de precioso para mim por trás de cada um desses "nãos" que quero expressar?


Às vezes, a única maneira de realmente conseguir reservar tempo para você, é diminuir a quantidade de tempo ou energia que você está dando para outras pessoas.


Ter conversas, às vezes difíceis, para estabelecer limites em torno de seu tempo, suas emoções, suas coisas, seus outros relacionamentos, sua saúde e suas opiniões pode dar a você a oportunidade de dedicar mais tempo e esforço a si mesmo e à sua saúde mental.


A rotina, o estresse e estar sempre correndo contra o relógio são maneiras de inibir o nosso lado criativo. Por isso, é fundamental fazermos pausas e descansarmos.


Estabelecendo uma cultura de Saúde Mental nas Organizações


"A romantização do trabalho 24x7 precisa acabar. Essas dinâmicas refletem organizações doentes e estar adaptado a uma organização doente não é sinal de saúde e bom desempenho.”

Michele Crevelaro


O entendimento de Cultura de Saúde Mental está intrinsicamente ligado a uma menor tolerância a ambientes tóxicos e relações de trabalho/gestão que adoecem times.


E engana-se quem pensa que uma Cultura de Saúde Mental faz bem apenas para os colaboradores.


O aumento do nível de bem-estar dos colaboradores gera aumento de produtividade e o torna muito mais feliz no ambiente de trabalho e na vida pessoal, trazendo uma série de benefícios para todos: organização e time.


Segundo uma Pesquisa da Universidade da Califórnia, um trabalhador feliz:

  • É 31% mais produtivo

  • 3 vezes mais criativo

  • Vende 37% mais

Segundo a OMS, há uma estimativa de custo anual em torno de US$1 trilhão relativo à perda de competitividade ocasionada pelas doenças e transtornos mentais, principalmente as de maior incidência populacional como a depressão e a ansiedade.


Dessa forma, saúde mental, descanso, pausas conscientes, são temas urgentes para as organizações também.


6 fatos sobre a importância do sono


O sono é um tema bastante negligenciado quando falamos em saúde. Embora todos saibam que o ideal é obter entre 7 e 8 horas de sono, o estresse e a correria do dia a dia, além dos aparelhos eletrônicos, têm nos mantido longe dessa recomendação.

Ilustração de mulher negra vestida de superheroína, fazendo ilusão do sono ser nosso superpoder
Dormir é nosso superpoder!


Em julho de 2021, a Eighter Debora Gaudencio fez um curso online promovido pelo LinkedIn Learning chamado "Sleep is your SuperPower", com a especialista do sono Nancy Rothstein.


Nesse curso, Nancy compartilhou 6 pontos interessantes para pensarmos com mais carinho sobre a importância de dormir para a nossa vida.

  1. Ninguém pode dormir por você

  2. Nossa cultura de 24 horas conectados não reconhece a importância do sono

  3. Nossa memória é organizada durante o sono

  4. É o momento de restaurar nossa energia naturalmente

  5. O cérebro faz uma limpeza enquanto dormimos, não permitindo que proteínas tóxicas cresçam. (Glymphatic System)

  6. Dormir é essencial para saúde física, emocional e mental.

Dormir é mandatório para a vida! E vale destacar também que uma boa noite de sono impacta nossa comunicação e relacionamento com os outros.


Dormir é nosso super-poder!

Conclusão


É evidente que a busca incessante por desempenho superior tem levado a uma sobrecarga de trabalho e, consequentemente, as pessoas têm ignorado a importância vital do descanso e do sono adequado.


É importante reconhecer que descansar é produtivo e benéfico para a saúde física, emocional e mental. E também para as organizações.


O descanso é verdadeiramente um super-poder que todos devem abraçar para viverem de forma plena e saudável e, ao contrário do que imagina o senso comum, produtiva.

__________________________________________________________________



Este artigo foi escrito pela equipe de Comunicação da Eight com base em materiais escritos pelas Eighters Debora Gaudencio e Michele Crevelaro


Debora Gaudencio

Co-Fundadora da Eight Diálogos Transformadores. Desde 2012 estuda a CNV - Comunicação Não Violenta e facilita encontros com esse tema dentro das Organizações.

debora@8dialogos.com.br



Michele Crevelaro


Psicóloga, Coach ACC e Facilitadora de diálogos


Na busca contínua por um viver coerente.


michele@8dialogos.com.br



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page