As Qualidades Planetárias e a Arte da Pergunta

“Não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas”.

Albert Einstein

No artigo anterior conhecemos a origem, os conceitos e as características arquetípicas de cada qualidade planetária e como elas influenciam a nossa alma - emoções e sentimentos - e por consequência o nosso PENSAR, SENTIR e AGIR no mundo. Esse conhecimento nos ajuda a trazer clareza sobre nossas forças e nossas oportunidades de desenvolvimento para evoluirmos nas esferas da vida. E no âmbito coletivo, entender como está o equilíbrio de forças e a diversidade de um grupo.


Você sabia que as Qualidades Planetárias também podem ser usadas para se fazer boas perguntas e acessar o universo do outro? Independentemente da posição que ocupamos numa Organização, sendo líderes ou não, a habilidade de se fazer perguntas é crucial para fomentarmos um ambiente curioso que propicia a inovação e a aprendizagem.

E qual a importância de se fazer boas perguntas? A qualidade da pergunta está diretamente relacionada à qualidade da resposta que você busca provocar. Logo, preparar uma boa pergunta é essencial para se obter as respostas que agreguem valor e provoquem descobertas relevantes.

O primeiro passo para se fazer uma boa pergunta é pensar na sua INTENÇÃO. O que eu quero provocar no outro com a minha pergunta? Qual tipo de descoberta quero fazer emergir para gerar ampliação de consciência? Qual o tom quero dar para a conversa? Qual qualidade está faltando no meu diálogo? Qual força estou usando em excesso? O que bons questionamentos podem despertar em mim e nos outros?


Então, vamos lá. Como vimos no capítulo anterior, cada Qualidade Planetária ou Anímica traz um conjunto de características arquetípicas e podemos encarar estas características como FORÇAS para movimentar um diálogo por meio de perguntas intencionadas.


Se você não leu o artigo anterior, recomendamos que o faça acessando o link: AS 7 QUALIDADES DA ALMA E O AUTOCONHECIMENTO. Confira a seguir as intenções de Perguntas relacionadas à cada Qualidade Planetária:

Vênus

Qualidades: Feminino, delicadeza, beleza, sensibilidade, acolhimento, apoio, cuidado, aconchego, empatia.

As perguntas de Vênus têm o poder e a intenção de: ENTENDER SENTIMENTOS, ACOLHER, ACESSAR O SENTIR DO OUTRO


Alguns exemplos:

  • Como você está chegando?

  • Como você se sente?

  • O que faria você se sentir melhor?

  • Você já se sentiu desta forma antes?

  • Como você está?

  • Qual sentimento essa situação te traz?

  • Como você se sentiria se....?

  • Como você se sentiria no lugar do.....?

  • Como posso te ajudar?

  • O que ajudaria você a se sentir mais acolhido?

Lua

Qualidades: Orientada ao passado, refletir / espelhar, ritmo / ciclos


As perguntas de Lua têm o poder e a intenção de: ENTENDER FATOS PASSADOS E ESPELHAR O OUTRO


Alguns exemplos:


Para explorar fatos:

  • O que aconteceu exatamente?

  • Quem estava envolvido?

  • Quantas vezes você tentou?

  • Me conte um pouco mais sobre o aconteceu

  • Me fale de você nessa situação...

  • Quando tudo começou?

  • O que você disse?

  • O que te disseram?

  • Como era o ambiente?

  • Em qual contexto isso aconteceu?

  • Me fale mais disso....

Para espelhar o outro:

  • Você está dizendo que.....?

  • Pelo que entendi que você me disse, foi ...

  • Então você disse que .... e o outro disse que....?

  • Então os fatos aconteceram na sequência ....?

  • Entendi que você fez ....


Dica: para espelhar é importante procurar usar ao máximo as palavras originais do próprio interlocutor para que ele consiga se enxergar e se reconhecer através de você.

Saturno

As perguntas de Saturno têm o poder e a intenção de:

BUSCAR O CERNE, O ÂMAGO DA QUESTÃO, O SENTIDO, A ESSÊNCIA, O FOCO

Alguns exemplos:

  • O que realmente importa pra você?

  • Qual o sentido disso na sua vida?

  • Isto serve a quê na sua vida?

  • Com base em que valores você está tomando suas decisões de vida?

  • O que é importante para ser feito agora?

  • Qual é a origem desse problema?

  • Qual é a causa fundamental dessa dificuldade?

  • No fundo o que você quer dizer quando menciona que.....?

  • Como os seus valores estão ligados a essa situação??

Júpiter

As perguntas de Júpiter têm o poder e a intenção de:

AMPLIAR CENÁRIOS, CONTEXTUALIZAR, ORGANIZAR AS IDEIAS


Alguns exemplos:

  • Qual é o impacto disso na sua vida?

  • Como o contexto te influencia?

  • Qual tamanho você quer que isso tenha?

  • Como você por organizar as coisas?

  • Como essa situação se conecta com o assunto que falamos anteriormente?

  • O que isso que você está dizendo agora tem a ver com o tema inicial?

  • Qual a relação entre as coisas que você disse?

  • O que acontece com sua vida quando você reage dessa forma...?

  • Olhando numa perspectiva ampla, o que te inquieta nessa questão?

Marte

As perguntas de Marte têm o poder e a intenção de:

IMPULSIONAR, LEVAR PARA AÇÃO, CONFRONTAR, DESAFIAR, TIRAR DA ZONA DE CONFORTO


Alguns exemplos:

  • O que te impede de fazer isso?

  • Do que você tem medo?

  • Do que está fugindo?

  • Quanto tempo quer que esta situação dure?

  • Quando você vai encarar isso de frente?

  • O quanto você realmente quer isso?

  • Você está comprometido de verdade?

  • O que de pior pode acontecer?

  • Qual é o pior cenário?

  • Qual dificuldade de dizer não?

  • O que você realmente quer fazer?

Uma pergunta com qualidade de Marte não é só aquela feita com palavras e expressões (como as exemplificadas acima), mas também pode ser aquela feita num tom de voz ou gesticulação mais incisiva e desafiadora. Ou seja, qualidades de Marte são bastante visíveis e vão além do que é dito.


Além das palavras em si, o "como" é dito também imprime a força da qualidade na pergunta. E isso vale para qualquer uma das 7 descritas neste artigo.


Importante: para usar as qualidades de marte, seja nas palavras ou no tom de voz com que ela é feita, é fundamental já ter uma boa relação de confiança estabelecida com o interlocutor, caso contrário, há chance de haver estranhamento e até ruptura.

Mercúrio

As perguntas de Mercúrio têm o poder e a intenção de:

BUSCAR ALTERNATIVAS, AMPLIAR POSSIBILIDADES


Alguns exemplos:

  • O que você pode fazer diferente?

  • Quais alternativas você tem?

  • E se?

  • O que mais...? O que mais....? O que mais....?

  • O que seria uma solução diferente?

  • O que seria totalmente novo?

  • O que você pensa fazer diferente a partir de agora?

  • Quais são as suas possibilidades? Há outras possibilidades?

  • Que alternativas você tem?

  • Quem pode te ajudar com isso? Quem mais?

  • Quais os são caminhos?

  • O que pretende fazer?

  • Qual seu próximo passo?

Sol

As perguntas de Sol têm o poder e a intenção de:

CONSTRUIR CONFIANÇA, CORAGEM, FORTALECER


Alguns exemplos:

  • Qual é o seu talento único?

  • O que só você sabe fazer como ninguém?

  • Qual sua contribuição? Qual seu valor?

  • No que você brilha?

  • Para qual tipo de projeto as pessoas te chamam?

  • No que você se destaca?

  • Qual é o teu jeito especial de lidar com isso?

  • O que você faz muito bem feito e com muita qualidade?

  • No que você é especial?


Agora que você conheceu o poder das Qualidades Planetárias para formular boas perguntas, reflita sobre qual o tom que você naturalmente imprime em seus diálogos? Com qual força se identifica mais? Qual qualidade precisa desenvolver e exercitar para gerar ainda mais conexão e empatia nos seus mais diversos relacionamentos?


Esperamos que este material tenha contribuído com o seu autoconhecimento e que tenha gerado boas reflexões para a sua vida e para a sua liderança!

Fontes de pesquisa e referências bibliográficas:


• Tomar a Vida nas Próprias Mãos, Gudrun Burkhard, Ed. Antroposófica


• Material da formação de Coaches do Instituto EcoSocial


• Material da formação de consultores e líderes facilitadores da Adigo


• Material da formação biográfica da ELEB-SP

Erica Mizumoto é paulista, administradora de empresas com 17 anos de experiência no mercado financeiro. Após um período sabático fez a formação de coaches pela Escola de Coaches do Ecosocial onde teve contato com a Antroposofia pela primeira vez. Desde então aprofunda seus estudos e conhecimentos nessa ciência filosófica. É cofundadora da Eight∞ Diálogos Transformadores, Professional Certified Coach (PCC) pela ICF (International Coaching Federation) e Aconselhadora Biográfica pela ELEB-SP (Escola Livre de Estudos Biográficos - São Paulo). Adora viajar, pintar mandalas em pontilhismo e tem se aventurado na pintura de aquarelas.


Fernanda Abrantes é gaúcha, administradora com 25 anos de experiência executiva em RH em multinacionais de bens de consumo. É cofundadora da Eight Diálogos Transformadores e atua como Professional Certified Coach (ICF) - formada pelo Ecosocial, Facilitadora de Grupos – formada pela Adigo e Consultora de desenvolvimento humano e organizacional apoiada por métodos e abordagens diversas, com destaque para a Antroposofia. Também é Healing Artist e utiliza a arte da pintura de mandalas com pontilhismo como ferramenta de desenvolvimento humano.


Nossos Cases