Dilemas em foco – Como liderar no “novo normal”, um trabalho de colaboração em ação

Grupo de codesenvolvimento conduzido por Christine Napoli e Roberto Rotenberg




"Dilemas em Foco" é uma iniciativa da Eight∞ Diálogos Transformadores na condução de grupos abertos compostos por pessoas com as mesmas inquietações e que entram para uma jornada de encontros de Codesenvolvimento. A intenção é ampliar a consciência através da colaboração e usando a inteligência coletiva num ambiente de cumplicidade, confiança e parceria.

Acreditando em profundas mudanças no pós pandemia, procuramos montar um grupo pequeno de líderes de diferentes segmentos corporativos que se sentissem chamados a compartilhar seus dilemas em torno do tema“O Novo Normal” e, assim, aproveitar da inteligência coletiva que emerge a partir dos encontros de codesenvolvimento.


Tomamos muito cuidado na escolha dos participantes para fazer a composição do grupo, uma vez que, para se tirar o melhor proveito do codesenvolvimento, é indicado que o grupo seja formado por pares com mesmo nível de alçada/autonomia em seu trabalho e a ausência de conflito entre eles. Conduzimos entrevistas com cada interessado para explicar o objetivo do programa e entender o contexto de liderança de cada um. No intuito de permitir a criação de um espaço de confiança e total transparência, cuidamos para que não houvesse conflitos de interesse com profissionais do mesmo segmento de atuação. Ao final tínhamos um grupo de 5 executivos, líderes em seus segmentos de atuação e comprometidos em participar dessa jornada de encontros.


Os temas inicialmente pensados envolveram diferentes problemáticas: como desenvolver novas habilidades de negociação com os stakeholders; como desenvolver cenários alternativos para “reavaliação” e “redimensionamento” dos negócios; como trazer para a discussão o compromisso social da empresa; como desenvolver a visão future-back em culturas organizacionais complexas.


Os encontros foram quinzenais, permitindo que cada um pudesse ter a experiência de passar pelo papel de quem traz a questão para a consulta do grupo. Esses temas atendiam à premissa dos 3 P’s: ser uma preocupação, uma problemática ou um projeto. Foi interessante observarmos claramente a mudança na forma como cada um se relacionava com seu próprio “P”. Os relatos trazidos pelos participantes confirmavam que a sessão de codesenvolvimento tinha proporcionado uma nova forma de olhar para o dilema, provocando mudanças nas três esferas: sentir, pensar e agir.

“ Foi ótimo poder contar com um ambiente livre de amarras, com a confidencialidade, confiança e respeito necessários para uma conversa realmente franca, aberta e transparente. É muito difícil ter uma troca nesse nível e com esse grau de liberdade - talvez tenha sido a primeira vez na vida” disse Rodrigo Pinotti, sócio-diretor da FSB Comunicação, sobre sua experiência como participante.

O programa foi conduzido com dois facilitadores, de modo que quando um facilitava o outro assumia papel de consultor no grupo. O facilitador “da vez” tinha a responsabilidade de se encontrar com o cliente “da vez” para trabalhar o tema que seria apresentado para o grupo. Esse momento mostrou-se fundamental para que o participante se apropriasse de seu tema, tivesse clareza do que gostaria de receber do grupo e também funcionou para aumentar a eficiência dos resultados durante os encontros.

Sempre no formato online, cada encontro teve a duração de 2 horas. Os 30 minutos iniciais estavam voltados para um check-in do grupo, reforço do acordo e um espaço para que o cliente do encontro anterior pudesse contar o que mudou e/ou que ações foram tomadas desde a última sessão.


Uma experiência importante que ajudou a consolidar a integração foi a flexibilidade que todos demonstraram para eventuais ausências causadas por motivos que não estavam sob controle dos participantes. Foi unânime e consciente a escolha por ter a presença de todos para que cada sessão acontecesse. Essa “solidariedade” entre todos gerou um ambiente ainda mais comprometido e coeso, fato que reforça o conceito do “equilíbrio entre dar e receber”, tão importante no Codesenvolvimento. Assim, todos têm a oportunidade de não só contribuir para o dilema dos parceiros, mas também de ter o seu próprio momento de ser escutado e ajudado.


Na medida em que o grupo se encontrava e se conhecia melhor, um ambiente aberto, de aprendizagem em sem julgamento foi se estabelecendo naturalmente. Um dos participantes disse que tratou-se de uma “oportunidade única para você perguntar aquilo que sempre quis, mas que nunca teve coragem”, corroborando a ideia de que o codesenvolvimento é uma poderosa ferramenta para criar grupos com alto nível de segurança psicológica e confiança, onde os participantes podem mostar sua vulnerabilidade e aprender a partir dela.


Após os encontros previstos, o grupo decidiu encontrar-se mais uma vez para troca de conhecimento técnico a respeito de assunto de interesse de todos. Acordaram em manter o grupo ativo para emergências e trocas futuras mostrando novamente que o Codesenvolvimento propicia o ambiente necessário para a criação de relações de confiança de mais longo prazo.


O programa Dilemas em Foco é um produto aberto conduzido pela rede colaborativa Eight Diálogos Transformadores em vários temas de interesse: dilemas dos C-Suítes, da liderança num mundo em transformação, da resiliência para jovens líderes, de mães executivas, dos pais na atualidade, da liderança de Recursos Humanos.


Conheça mais no www.8dialogos.com.br

Nossos Cases