Afinal, o que é Coaching?

February 5, 2018

 

Ultimamente temos visto tanto na mídia televisiva quanto na mídia impressa o Coaching sendo mencionado. Isso significa que mais pessoas estão recebendo informações sobre o que é Coaching e formando sua opinião sobre suas aplicações e resultados. Infelizmente, por não ser uma profissão regulamentada, qualquer pessoa pode intitular-se Coach e dizer que pratica o Coaching.

 

Diante disso, fiquei com muita vontade de compartilhar minhas ideias sobre o que vem a ser Coaching. Afinal é o caminho profissional que eu escolhi seguir porque está alinhado ao meu propósito de vida, então também me sinto responsável por manter esse caminho limpo e transparente.

 

Afinal, o que é Coaching?

 

"Coaching é um processo que estimula a reflexão e a ampliação de consciência levando assim ao autoconhecimento e possibilitando o autodesenvolvimento"

 

Normalmente as pessoas buscam o Coaching quando tem um problema, ou seja, quando querem resolver algo e não estão conseguindo fazê-lo por conta própria. Por meio de perguntas, metodologias, técnicas e ferramentas diversas, o Coach irá ajudar a pessoa (Coachee) a olhar não para o problema em si mas para aquilo que o está impedindo de resolvê-lo e seguir em frente (esse sim, o real problema). Este pode ser uma crença, uma habilidade a ser desenvolvida, um medo a ser superado, melhora da autoestima... enfim, infinitas possibilidades. Uma vez que o real problema vem à tona e se torna consciente é possível lidar com ele, buscar formas de administrá-lo e de superá-lo.

 

Então,

 

"O papel do Coach não é orientar e nem ensinar nada. O papel do Coach é estimular o Coachee a olhar para o que antes não olhava e a partir de uma nova perspectiva, considerar as novas possibilidades e alternativas"

 

O papel do Coach também é o de acolher e apoiar o Coachee nessa jornada pois muitas vezes entrar em contato com suas “sombras” não é nada fácil. E para que isso aconteça é necessário que exista muita confiança e respeito na relação Coach – Coachee.

 

Como Coach tenho em minhas mãos uma responsabilidade enorme pois estou lidando com pessoas com as mais variadas histórias de vida. Por isso estou sempre buscando aprender e conhecer mais e mais sobre o ser humano e suas dinâmicas de funcionamento. Ao mesmo tempo busco aprofundar meu próprio autoconhecimento pois num processo de Coaching, eu Coach sou o principal instrumento para conduzir o processo de maneira satisfatória. Portanto quanto mais eu aprofundo meu conhecimento em mim mesma como ser humano, mais conseguirei compreender e ajudar o outro.

 

E por fim, como já mencionei anteriormente, o Coaching ainda não é uma profissão regulamentada. Por isso, estar associada à ICF (International Coach Federation) que é uma entidade sem fins lucrativos cuja missão é zelar pelas boas práticas do Coaching no mundo, é uma condição essencial para mim. A ICF não ministra cursos de formação ou aperfeiçoamento de Coaching. A ICF certifica cursos que se enquadram em seus rigorosos padrões de ensino e qualidade. A ICF também credencia Coaches de acordo com sua experiência e competência, e estimula a educação continuada de seus membros, com vistas a manter o Coaching dentro de um alto padrão de excelência. Todos os membros da ICF seguem um código de ética mundial e desenvolvem 11 competências chaves, o que confere credibilidade a essa profissão que tanto vem crescendo.

 

Esse é o Coaching no qual eu acredito, que eu pratico e que está alinhado aos meus valores e ao meu propósito de vida.

 

 

Erica Mizumoto é Coach e cofundadora da Eight∞ Coaching - Diálogos Transformadores. É membro da ICF onde coordena um grupo de estudos. Acredita que o Coaching sério, responsável e de boa qualidade tem o potencial de despertar a luz em cada pessoa. Está sempre buscando aprofundar seu autoconhecimento e aprender mais sobre o ser humano. Ama ser Coach!

 

Please reload

Posts Em Destaque

Meus aprendizados em família - Parte 2

December 26, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes