A vida dá voltas


- Bom dia! - Bom dia! Cumprimento a vizinha educadamente e entramos juntas no mesmo elevador.

Distraída, esqueço de apertar meu andar. Assim que me dou conta, exclamo: "Droga, esqueci de apertar meu andar!" Já era tarde demais, o elevador sobe seguindo para o andar da vizinha! Que me responde com uma risadinha irônica: "Agora terá que dar uma voltinha..."

Confesso, que já estava chateada de perder tempo com a "voltinha" no elevador, mas o comentário me fez ter raiva dela e não mais do ocorrido. Imediatamente pensei...por que ela não me perguntou em qual andar eu iria descer, uma vez que não apertei nenhum botão? Afinal, não moro com ela! Não poderia descer no andar dela! Além do mais, nos conhecemos, quantas vezes já subimos e descemos juntas? Ela sabe que moro em andar mais baixo...Enfim, a minha raiva subia, conforme subia o elevador. Ela saiu e eu me despedi entre lábios.

Mas a medida que o elevador descia, agora sozinha, fui me acalmando e fiquei pensativa...Percebi que coloquei minha frustração nela, que nada tem a ver com o meu esquecimento! Percebi também, o quanto a culpei por não ter me perguntado para onde eu ia. Evidente que isso é um problema meu! Tá bom, o comentário dela foi infeliz, mas realista...tive que dar mesmo uma voltinha! Pronto, voltinha dada e necessária para eu tomar meu rumo!

Fato é que não posso delegar a responsabilidade de chegar ao meu próprio destino para uma outra pessoa. Sou eu a única responsável por saber qual é direção correta que devo seguir, quando e onde devo parar! Não posso esperar que o outro me pergunte ou me conduza para o destino que é meu! Não dá para culpar o outro e muito menos sentir raiva, de uma decisão que é somente minha! Quantas vezes na vida, deixei que a vida me levasse? Muitas vezes segui o fluxo e dei várias "voltinhas", mesmo sem saber aonde queria chegar! Desculpa, Zeca Pagodinho...mas não deixo mais a vida me levar, vida leva eu! Agora prefiro a melodia dos Titãs "É preciso saber viver". Eu preciso saber viver e preciso também de precisão para saber viver! Cabe a mim saber e fazer escolhas conscientes sobre o meu próprio caminho e o meu destino. Sou eu, a única responsável por entrar no elevador, apertar o botão e descer no andar escolhido por mim! Talvez as "voltinhas" sejam necessárias, talvez precisasse caminhar um pouco mais para me lembrar de voltar atrás e perceber que é necessário atenção para seguir o caminho certo. Mas nada me impede se um dia seguir o caminho errado, poder voltar e agora atenta, entrar no elevador, apertar o meu andar e seguir tranquila até o meu destino. Destino final? Não, sempre poderei dar mais "voltinhas". Afinal, sou livre, sou responsável e sou a única pessoa capaz de apertar aquele botão!

Karina Colpaert, coach de Vida e Carreira, depois de dar muitas voltinhas, descobriu seu caminho...a eterna busca pelo autoconhecimento.

Nossos Cases
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Acompanhe nosso Instagram

© 2020 Criado por EIGHT∞ | DIÁLOGOS TRANSFORMADORES. 

 Nossa Playlist no Spotify

Midias Sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
Whatsapp Transp bco.png