Vulnerabilidade


Carregamos um fardo grande por tentarmos ser bons em tudo e manter uma aparente fortaleza. Nossa sociedade não permite o erro, tão essencial à evolução. Nós mesmos escondemos nossas imperfeições, nosso não saber, nosso espaço vazio  —  alimento do florescer e renovar. Assumir nossa vulnerabilidade é o caminho para nos reconectarmos com nosso humano e o humano que habita o outro. É nos libertarmos de todo o peso que traz o esforço de manter uma vida voltada para fora, sujeita à aprovação direta ou indireta do que é externo e distante da nossa verdade. É recuperar nosso amor próprio e a coragem de sermos imperfeitos. É nos enchermos de compaixão conosco, o que nos faz  —  aí sim  —  termos compaixão pelo outro. É respeitar nossos limites físicos e emocionais e entrarmos em um estado de leveza. Aceitar nossa vulnerabilidade nos despe do ego, nos veste do manto sagrado e poderoso do amor e nos coloca no fluxo natural da vida.

Recomendo o TED maravilhoso sobre vulnerabilidade com a pesquisadora Brené Brown: "O poder da vulnerabilidade".

Nossos Cases
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Acompanhe nosso Instagram

© 2020 Criado por EIGHT∞ | DIÁLOGOS TRANSFORMADORES. 

 Nossa Playlist no Spotify

Midias Sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
Whatsapp Transp bco.png